A PRIMEIRA ORQUESTRA QUILOMBOLA DO BRASIL MERECE NOSSO VOTO...

14/01/2013 10:00

 

A primeira orquestra quilombola do Brasil, a Orquestra Quilombola do Curiaú no estado do Amapá, está concorrendo ao Prêmio Anu 2013

O Prêmio Anu tem como principal objetivo destacar ações de toda natureza desenvolvidas dentro de Favelas em todo território nacional que contribuam para o desenvolvimento humano e social desses espaços. Identificando ações que tragam um novo significado para esses territórios e novas formas de convivências, o Prêmio Anu volta o olhar para essas iniciativas que colaboram diretamente para a melhoria de vida dos moradores, desconstruindo assim o estigma imposto a esses espaços e suas populações buscando a consolidação de uma sociedade mais justa.
Quem decide os ganhadores desse prêmio somos nós, a população de todo o Brasil, vamos votar neles?! Eles são merecedores pelo pioneirismo e pelo incentivo!!
É só acessar o link abaixo...

 

www.premioanu.com.br

 

 
Nome do projeto:
Orquestra Quilombola do Curiaú

Instituição:
Associação Educacional e Cultural Essência 

Resumo do projeto
Associação Educacional e Cultural Essência - AECE é uma organização não governamental sem fins lucrativos sediada em Macapá há mais de oito anos, tem por objetivo maior, a inclusão social de crianças e adolescentes e, principalmente em situação de risco social. 

A Associação Educacional e Cultural Essência realiza o projeto Sistema de Bandas e Orquestras do Estado do Amapá que desenvolve o ensino da música como inclusão social de jovens em vários polos na cidade de Macapá, sendo que o primeiro polo deu início à primeira orquestra quilombola do Brasil que é a Orquestra Quilombola do Curiaú com o patrocínio da empresa de telefonia Oi e apoio da fundação Oi Futuro e Governo do Estado do Amapá.

O projeto Sistema de Bandas e Orquestras do Estado: Escola Livre de Música– Orquestra Quilombola do Curiaúestá sediado nas dependências da Escola Estadual José Bonifácio que fica localizado dentro do Quilombo do Curiaú, possibilitando o acesso das crianças, adolescentes, jovens e de toda comunidade local. 
A Orquestra Quilombola do Curiaú possui 70 integrantes, dentre alunos de 5ª a 8ª série, professores da escola e outros jovens da comunidade quilombola, além de monitores. A Orquestra é composta por instrumentos de cordas friccionadas, bem como violinos, violas, violoncelos e contrabaixo acústico, instrumentos de sopros e percussão erudita. 

Os alunos do projeto adquirem aulas de musicalização e flauta doce, sendo duas aulas de instrumentos, tendo também aulas de teoria musical que de forma intrínseca trás a transformação de crianças, jovens e adolescentes, possibilitando-os um futuro promissor no âmbito musical, consequentemente, trazendo-os para a inclusão social.

O Projeto AECE está crescendo cada vez mais, e quanto mais crianças e jovens do nosso Estado estiver nesse caminho musical melhor para a formação dele, pois a música trás resultados que se destacam no aprimoramento de outras áreas, emocional, cognitivo e inclusive no aprendizado escolar.Por meio do contato com a música a criança aprende a conviver melhor com outras crianças, estabelecendo um diálogo mais harmonioso, o que contribui para relação interpessoal e o convívio em sociedade, promovendo ainda o desenvolvimento do senso de colaboração e respeito mútuo, já que ela proporciona mais segurança emocional.
Fonte: Premio Anu 2013.