Eldorado (SP) sediará feira de sementes quilombolas e feira estadual em agosto

17/07/2014 16:57
A sétima edição da Feira de Troca de Sementes e Mudas Tradicionais dos quilombos do Vale do Ribeira, evento anual que faz parte do calendário dessa região do interior paulista acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto. Paralelamente acontecerá também a Feira de Sementes Crioulas do Estado de São Paulo

 

Resultado de um esforço coletivo das associações quilombolas e seus parceiros, o objetivo da feira é fortalecer as roças tradicionais e a importância do sistema agrícola quilombola para a soberania alimentar, sua cultura e a geração de renda complementar. Organizada pelo GT Roça, grupo que reúne as associações quilombolas, o Instituto Socioambiental, Itesp (Instituto de Terras do Estado de São Paulo), a Eaacone (Equipe de Articulação e Assessoria às Comunidades Negras do Vale do Ribeira) e a Fundação Florestal, a feira vem sendo realizada desde 2008.

Na última sexta-feira (4/7), o grupo se reuniu com alguns parceiros, como a Cooperativa dos Agricultores Quilombolas do Vale do Ribeira (Cooperquivale) e a Prefeitura de Eldorado, para definir a programação do seminário que antecede a feira, além da logística, do cardápio e das apresentações culturais do evento. Este ano, as atividades se iniciam em 22 de agosto com o seminário “Sementes: soberania alimentar, cultura e geração de renda” que adotará o formato de oficinas temáticas visando ampliar os temas de discussão entre os participantes e apontar encaminhamentos direcionados à melhoria das políticas públicas que abrangem o tema de sementes e alimentos da agricultura tradicional.

Primeira feira foi realizada em 2008, em EldoradoOs temas vão desde a diversidade alimentar das comunidades quilombolas com sua rica gastronomia, passando pela soberania na produção e armazenamento de suas sementes tradicionais, o dilema da permanência e a geração de renda para o jovem no campo até as oportunidades e desafios das políticas públicas de comercialização de alimentos, sementes e mudas.
No dia 23, acontecerá a feira na Praça Nossa Senhora da Guia de Eldorado/SP que contará com a participação de cerca de 20 comunidades quilombolas do Vale além de outros agricultores familiares e produtores agroecológicos do Estado de São Paulo, já que paralelamente à feira de sementes e mudas, acontecerá também a Feira Estadual de Sementes Crioulas do Estado de São Paulo. Os agricultores terão produtos para troca e para venda. Durante o evento haverá apresentações da cultura tradicional quilombola, como danças, cantorias e capoeira.

Mudas exibidas nos estandes da feira de 2012Haverá um almoço tradicional com produtos das roças quilombolas que será servido aos participantes convidados. Os interessados também poderão pagar e participar do almoço. O cardápio inclui alimentos como arroz pilado, feijão, farinha de mandioca, verduras sem agrotóxicos, cará, mandioca e carne de porco.

Confira abaixo a programação do seminário e da feira.

Programação

Seminário “ Sementes: soberania alimentar, cultura e geração de renda”

Quando: 22 de agosto de 2014 - 9h às 18h

Local: Salão Paroquial de Eldorado
7h30 às 8h45 - Café da manhã : Salão Paroquial de Eldorado
8h às 9h - Recepção e Inscrição: Salão Paroquial de Eldorado
9h às 9h30 - Abertura

9h30 às 12h – Oficinas ou Rodas de discussão temáticas
Oficina 1 – Gastronomia Quilombola
Oficina 2- Armazenamento das sementes e o papel dos guardiões
Oficina 3- Juventude e agricultura
Oficina 4- Políticas públicas de aquisição de sementes, mudas e alimentos

12h15 às 13h45-Almoço

14h às 16h – Apresentação dos resultados das conversas nas oficinas/rodas temáticas e debate em plenária
16hs – intervalo café
16h30 – 18h00 – Encerramento da plenária com Rodada de avaliação e Encaminhamentos

19h às 21h - Atividades Culturais

VII Feira de Troca de Sementes e Mudas Tradicionais dos Quilombos do Vale do Ribeira e V Feira Estadual de troca de Sementes
Quando: 23 de agosto de 2014 das 8h às 13h horas.
Onde: Praça Nossa Senhora da Guia, em frente a Câmara Municipal.
Centro- Eldorado-SP

Fonte: ISA - Instituto Socioambiental