No dia 20 de novembro o MOAB - Movimento dos Ameaçados por Barragem do Vale do Ribeira Comemora 25 anos de Resistência

21/11/2014 09:50

MOAB

MOVIMENTO DOS AMEAÇADOS POR BARRAGEM

20/11/2014

TERRA SIM! BARRAGEM NÃO!

Dia 20 de novembro de 2014 o MOAB comemorou 25 anos de RESISTÊNCIA aos projetos de construção de barragem no rio Ribeira de Iguape. No Quilombo de Ivaporunduva – Município de Eldorado/SP, onde há 25 anos nasceu o MOAB, aconteceu a festa reunindo Quilombolas dos Municípios de Iporanga, Itaóca, Eldorado, Barra do Turvo, Miracatu, Iguape, Cananéia do Estado de São Paulo e os Quilombolas do Vale do Ribeira - Estado do Paraná - Municípios de Adrianópolis, Dr. Ulisses, Bocaiuva do Sul.

Diante da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos e do rio Ribeira de Iguape o grito “TERRA SIM! BARRAGEM NÃO!”, ecoava com toda força e energia, na certeza de que vale a pena se organizar e resistir, mesmo quando parece que os poderosos têm mais força. Comemorar 25 anos de RESISTÊNCIA para o povo Quilombola do Vale do Ribeira dos Estados de São Paulo e Paraná é a prova mais evidente que “o povo unido jamais será vencido!”

Dia 20 de novembro de 2014 foi o dia de se fazer MEMÓRIA. Simbolizados por pequenos jarros com água do rio Ribeira, teve destaque os grandes momentos onde parecia que as dificuldades iriam vencer, mas logo vem a certeza de que nessa luta o povo do Vale do Ribeira não está só. Entidades, ONGs, Igrejas, Congregações Religiosas, Universidades, Sindicatos, Associações, Ministério Público, Defensoria e muitas pessoas caminharam e caminham com o MOAB.

Este 20 de novembro de 2014 tem mais um motivo para ficar na história do Vale do Ribeira. A militante Maria Aparecida Mendes Pinto num gesto gratuito e solidário eterniza os 25 anos de RESISTÊNCIA do MOAB no livro “A Saga de um Povo”.  Foi um momento de um significado ímpar! Cada Associação Quilombola e Entidade parceira recebeu um exemplar do livro. O interesse pela história do MOAB estampava nos olhares e interesse das pessoas ao tomarem em mãos “A Saga de um Povo”.

 

Depoimentos:

 

Linda festa ontem no Ivaporunduva, parabéns a todos.

Adilson

STR de Cajati

 

20 de novembro, Dia da Consciência Negra, lançamento do livro MOAB - A Saga de um Povo, de Autoria de dona Cida Pinto... Lindo dia, de muita reflexão, de muitaalegria, de rever grandes amigos, figuras importantes da luta e que nos renovam para termos energia para continuar lutando o quanto for preciso para impedir que projetos que agridem nossa natureza, nosso rio Ribeira e a cultura e a vida das nossas comunidades tradicionais. O livro é um documento histórico que registra os 25 anos de luta e resistência aos projetos de construção de hidrelétricas no Ribeira. Obrigado ao MOAB por fomentar essa luta e dona Cida por mais esse presente para a nossa história. TERRA SIM! BARRAGEM NÃO! ÁGUAS PARA A VIDA E NÃO PARA A MORTE!

Lelis Ribeiro

Oposição Apeoesp Vale Ribeira

Viva Zumbi! Viva Dandara! Viva Mestre Pastinha! Viva Laurindo e tantos outros que tombaram na defesa dos direitos dos povos oprimidos.

No dia 20 de Novembro de 2014, o MOAB - Movimento dos Ameaçados por Barragem comemorou os 25 anos de luta e resistência pela titulação das terras dos povos quilombolas, ribeirinhos, caiçaras e indígenas e contra a construção de hidrelétricas no Ribeira de Iguape. Nas margens do Ribeira no Quilombo do Ivaporunduva (Eldorado - SP), reuniram-se os pioneiros, militantes e simpatizantes deste Movimento, que é o retrato da população oprimida, mas corajosa, do Vale do Ribeira. Entre tantas atividades culturais e falas emocionadas (e emocionantes), o MOAB lançou o livro: MOAB, a Saga de um Povo, organizado pela professora Maria Aparecida Mendes Pinto.Os conselheiros de Oposição da APEOESP - Vale do Ribeira estiveram representando o nosso sindicato, já que, infelizmente, ninguém da atual coordenação da subsede compareceu.

Viva a luta do povo do Vale do Ribeira!

 

Aurico Dias · 

Depois de uma grande festa do dia da consciência só tenho que agradecer a Deus!

 

Coordenação EAACONE